Bancos de Capacitores – providências básicas

A primeira providência é dimensionar o banco de capacitores. Para isso é
indispensável algumas informações:

– Consumo ativo;
– Consumo reativo;
– Fator de potência;
– Demanda;
– Horas de trabalho mensal.

Os cálculos podem ser efetuados com base em algumas das informações acima,
uma vez que possivelmente não tenhamos todas.

Aos a definição da potência é necessário determinar qual o sistema de
manobra adequado, lembrando que para cada consumidor pode ser mais
conveniente um sistema ou a composição de sistemas – manual, programável e
automático.

A instalação de bancos de capacitores pode se tornar complexa na presença de
cargas não lineares, onde forem encontrados valores elevados de distorção
harmônica.

Um comentário sobre “Bancos de Capacitores – providências básicas

  1. Prezados senhores,

    Sou aluno do curso de engenharia eletrica da umc e estamos desenvolvendo um trabalho sobre a correcao do fator de potencia. Pelos calculos teoricos, ter um fator de potencia igual a 1,0 quer dizer que o capacitor anulou completamente o indutor, gostaria de saber na pratica, se isso ocorrer o motor vai funcionar ou ele nao funciona?
    agradecemos as colaboracoes dos internautas.
    Mori

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *