Risco de racionamento?

O Brasil está entre as dez maiores economias do mundo, com um mercado de energia de grande porte e a tendência de elevadas taxas de crescimento. O aumento do consumo de apenas um ano, significa uma produção adicional de energia elétrica do tamanho de todo o mercado de um país como o Chile. Com isso, são necessários investimentos em infra-estrutura e novas fontes energéticas a cada ano para aumentar a capacidade de produção e transmissão de energia elétrica.

Temos acompanhado algumas tentativas do Governo no sentido de incrementar as fontes energéticas do País, visando suportar a demanda e diminuir os riscos de escassez de energia. Contudo, diante do cenário político do Brasil, as perspectivas para qualquer processo que vise diversificar a produção de energia não são muito positivas.

Esperamos que em um futuro breve, novas fontes de geração de energia sejam implementadas à estrutura atual. Desta forma poderemos vislubrar um futuro rico em energia e sem riscos de racionamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *