Bancos de Capacitores

BANCOS FIXOS

[photopress:P9160032.JPG,full,pp_image]
São bancos de capacitores que permanecem ligados de forma permanete.
O sistema é composto, normalmente por uma proteção (disjuntor ou fusíveis), capacitor (es) e uma caixa para confinamento.
Este sistema é indicado para cargas cujo reativo é permanente, como por exemplo o reativo de transformadores, os quais permanecem ligaos 24 horas.

BANCOS PROGRAMÁVEIS

Seu acionamento é feito por meio de um estimulo automático, por este motivo é também chamado de semi-automático, que pode ser um programador cíclico ou o acionamento de algum equipamento.
Além dos componentes mencionados no banco fixo este sistema conta com um programador cíclico.
Sua indicação é para pequenas potências.
Neste tipo de manobra o banco de capacitores é ligado no periodo indutivo e desligao no período capacitivo, ou é acionando em conjunto com alguma carga específica.

BANCOS AUTOMÁTICOS

Dividido em módulos ajusta o fator de potência de acordo com a necessidade momentânea.
Um transformador de corrente envia um sinal ao controlador do fator de potência que analisa o sistema e manobra os módulos como necessário.
É utilizado para a compensação geral, sendo indicado para potências maiores.
Seus componentes são praticamente os mesmos de um banco programável, sendo o programador cíclico substituído por um controlador automático do fator de potência.
Outra peculiaridade ocorre na instalação que deverá contemplar um transformador de corrente a ser instalado de forma a monitorar a corrente de todo o circuito que se pretende compensar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *